Fanfarra

Tanto quanto pôde ser apurado, decorria o ano de 1986 quando os bombeiros José Paulo dos Santos, João Amendoeira, Armando Quinteiro e Aníbal Fuzeiro deram o primeiro passo para a formação da Fanfarra da AHBVA.

O bombeiro José Paulo dos Santos conseguiu reunir alguns clarins e caixas, junto de alguns elementos da extinta Legião Portuguesa.

Como curiosidade e conforme nos foi relatado, os bocais dos clarins costumavam, à época, ser embebidos em aguardente para serem desinfectados e as caixas mergulhadas em água para amaciarem as peles.

O fardamento, parte dele, foi doado pela Força Aérea e recorrendo a peditórios, foi adquirido o restante fardamento. Os pais dos músicos ajudaram também na feitura de algumas peças, nomeadamente nas saias para os elementos femininos.

O primeiro maestro da fanfarra foi o bombeiro Armando Quinteiro, que também tocava clarim. No entanto, por questões de saúde, este bombeiro foi substituído pelo Maestro da (BANDA?) da Merceana, de seu nome Cavaco, músico da Força Aérea, que já ensaiava outras fanfarras.

Os ensaios decorriam dentro do quartel, por vezes no pátio da Dra Maria Helena Vidal e finalmente pelas ruas de Azambuja onde “o passo” era aperfeiçoado.

Com músicos de idades compreendidas entre os 6 e os 16 anos, foi assim formada a primeira composição da Fanfarra da AHBVA.

O primeiro desfile para apresentação ao público decorreu em Azambuja num evento onde participaram também outras fanfarras de diversos pontos do país, como Nazaré, Cartaxo, etc… Nessa ocasião foi porta estandarte o bombeiro João José Gonçalves.

A segunda saída marcou definitivamente todos os elementos que nela participaram. Realizou-se em Cascais, num desfile onde participaram um número não apurado de fanfarras. A nossa fanfarra foi a escolhida para tocar em directo para a antiga Emissora Nacional.

A primeira saída a cobrar foi efectuada à Povoa de Isenta e rendeu à Associação a quantia 40 contos.

Desde então a Fanfarra da AHBVA tem sofrido várias alterações na sua composição e nos seus responsáveis , mas nunca mais deixou e representar a Associação sempre que para tal é chamada e marca sempre presença com distinção das festas da freguesia.

Atualmente reúne meia centena de elementos, o seu responsável é o Sr. Arlindo Freitas a quem se devem os temas musicais que esta interpreta. De notar também que a fanfarra da AHBVA tem como porta estandarte a bombeira Isilda Patrício que conta com 77 bonitas e alegres primaveras.

Inscreve-te

Formulário

Nome

Email

Morada

Localidade

Código Postal

Telemóvel

Número Cartão de Cidadão

Data de Nascimento

Idade

Será contatado pelos nossos serviços administrativos a fim de confirmar a sua inscrição e serem prestadas todas as informações necessárias para que possa integrar a nossa fanfarra.